Geusa Ribeiro manobra para assumir prefeitura e Vitor Hugo acusa presidente da Câmara de golpe

 

A presidente da Câmara Municipal de Cabedelo, Geusa Ribeiro, deverá assumir a gestão municipal a partir de 1º de janeiro de 2019. O prefeito interino, Vítor Hugo, denunciou em entrevista ao ClickPB, uma manobra de Geusa para poder assumir a prefeitura. Vitor Hugo disse que vai entrar com Mandado de Segurança.

 

“É um golpe mesmo. Um verdadeiro golpe e ela vai responder criminalmente por isso”, asseverou o prefeito Vitor Hugo.

 

De acordo com Vitor Hugo, na última terça-feira (27) Geusa conversou com os vereadores e teria pedido as assinaturas deles para aprovação de um projeto para cassar os vereadores eleitos que estavam afastados. “Só que quando pediram o projeto para ver, não tinha projeto”, declarou Vitor Hugo.

 

No dia seguinte teria sido elaborado o projeto anulando a mesa que tinha eleito Vitor Hugo e declarando a eleição de uma nova mesa, com Geusa Ribeiro como presidente. “Os vereadores foram para a delegacia, já prestaram queixa contra ela, e vão ao Ministério Público”, declarou o prefeito interino.

 

A vereadora Geusa disse que tudo foi feito dentro das regras da Câmara Municipal de Cabedelo. Segundo ela, “o interino se sente desprestigiado”, referindo-se a Vitor Hugo. “Ele continua na Mesa. Qual o problema de uma Câmara decidir? Ele tinha o poder de dizer o não, e agora vem com essa situação desagradável”, disse Geusa.

 

“Se infelizmente têm vereadores que não leem, mas aqui foi lido e foi dado para todos lerem”, disse.

 

 

 

 

 

 

Fonte: Click Pb

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *