Mais de 97% dos lares da Paraíba têm aparelho de TV

 

Levantamento do IBGE traz dados de 2016 e 2017 e mostra ainda informações sobre o uso de telefonia e internet no estado e em todo o país.

 

Mais de 97% dos paraibanos têm aparelhos de televisão em casa, conforme a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua divulgada nesta quinta-feira (20) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O levantamento traz dados de 2016 e 2017 e mostra ainda informações sobre o uso de telefonia e internet no estado e em todo o país.

 

Televisão

A Paraíba é o estado do Nordeste que tem o maior percentual de lares com aparelhos de televisão. Em 2017, 97,3% das residências tinham o equipamento, conforme a pesquisa de Tecnologia da informação e Comunicação (TIC) que integra o levantamento. O percentual é um pouco menor que o identificado em 2016, quando havia 97,9%.

 

A TIC aponta ainda que 65,5% das casas na Paraíba têm conversor para receber sinal digital de TV aberta, 48,3% assistem à televisão com antena parabólica e apenas 14,4% têm TV por assinatura.

 

No Brasil, de 2016 para 2017, houve leve queda do alcance do serviço de televisão por assinatura. No último trimestre do ano passado, 32,8% dos domicílios com TV tinham contratos com empresas que oferecem acesso a canais por cabo, satélite ou outra tecnologia. Esse percentual era de 33,7% no mesmo período de 2016.

 

Em 55,3% dos domicílios com televisão, a TV por assinatura não foi contratada em 2017 por ser considerada cara. Em outros 39,8%, a razão alegada foi o desinteresse. “Em conjunto, esses dois motivos já abrangiam 95,1% dos domicílios com televisão sem esse serviço”, registra a publicação. Apenas em 1,6% das casas, alegou-se que a contratação não ocorreu por falta de disponibilidade de TV por assinatura na área.

 

Parte do desinteresse pode estar relacionada com a preferência por serviços de streaming, como o Netflix. O suplemento revelou que 81,8% dos brasileiros que usaram a internet em 2017 tiveram como um dos objetivos assistir a vídeos, incluindo programas, séries e filmes. Esse percentual era de 74,6% em 2016, o que significa que houve crescimento de 7,2 pontos percentuais. A pesquisa também mostrou que cresceu o uso de televisores para o acesso à internet. Na Paraíba, o percentual de equipamentos de TV que permitem acesso à internet é 18%, o maior do Nordeste.

 

Telefonia

De acordo com o levantamento, apenas 12,2% dos lares da Paraíba tinham telefone fixo em 2017, frente a 91,2% dos domicílios com linhas móveis

Internet

A TIC aponta que em 2017, a Paraíba tinha 35,9% da casas com computador ou tablet. De acordo com a pesquisa, 67,8% acessaram internet em casa. Naquele ano, o percentual total de usuários de banda larga fixa em domicílio chegou a 99,9%.

 

Outra informação importante levantada é o motivo identificado por aqueles que não acessam internet: 47,6% não utilizam internet porque não sabem usar, percentual que é maior apenas do que o da falta de interesse, que marca 32,7%.

 

Brasil

O percentual de domicílios que utilizavam a Internet subiu de 69,3% para 74,9%, de 2016 para 2017, representando uma alta de 5,6 pontos percentuais. Nesse período, a proporção de domicílios com telefone fixo caiu de 33,6% para 31,5%, enquanto a presença do celular aumentou, passando de 92,6% para 93,2% dos domicílios. Essas são algumas informações da PNAD Contínua TIC 2017, pesquisa domiciliar do IBGE que investiga o acesso à Internet e à televisão, além da posse de telefone celular para uso pessoal.

 

Pesquisa

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua substituiu a Pnad e a Pesquisa Mensal de Emprego (PME). Por meio da pesquisa, são publicados relatórios mensais e trimestrais com informações conjunturais relacionadas à força de trabalho. Também são divulgadas informações educação e migração. Há ainda suplementos em que determinados assuntos são pesquisados com periodicidades diferentes.

 

 

Fonte: Portal Correio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *