Protesto contra cortes nas verbas da Educação para trânsito no Centro de João Pessoa

A mobilização é nacional e envolve servidores concentrados em diversos municípios. O trânsito ficou lento no Centro de João Pessoa.

Além da Capital, municípios como Campina Grande, Rio Tinto, Bananeiras e Areia tiveram protestos (Foto: Câmera Semob-JP)

Na Paraíba, instituições públicas de ensino básico e superior suspenderam as atividades em protesto contra os cortes na Educação, classificados pelo Governo Federal como contingenciamento de verbas. Além da Capital, municípios como Campina Grande, Rio Tinto, Bananeiras e Areia tiveram protestos.

A mobilização é nacional e envolve servidores concentrados em diversos municípios. O trânsito ficou lento no Centro de João Pessoa.

Mais cedo, trânsito na Avenida Getúlio Vargas chegou a ser desviado. – Foto: Câmera Semob-JP

Manifestantes seguiram em direção ao Parque da Lagoa, durante movimentação feita na manhã desta quarta-feira. – Foto: Câmera Semob-JP

Os manifestantes acessaram as plataformas dos ônibus no Parque da Lagoa. – Foto: Câmera Semob-JP

Até às 11h49, segundo a Semob-JP, os participantes do protesto tinham circulado pelo bairro do Varadouro e seguiam em direção ao Pavilhão do Chá. Às 11h59, todos seguiram para a Praça dos Três Poderes, no Centro da Capital.

Servidores federais da Educação se reuniram em Areia, no Brejo da Paraíba, para protestar contra os cortes de verbas. – Foto: Divulgação/Servidores da UFPB

Servidores federais da Educação também se reuniram em Rio Tinto, no Brejo da Paraíba, para protestar contra os cortes de verbas. – Fotos: Divulgação/Servidores da UFPB

Também em Bananeiras, os servidores federais da Educação protestaram contra os cortes de verbas. – Fotos: Divulgação/Servidores da UFPB

Os trabalhadores da Educação também se concentraram no Ponto de Cem Réis, no Centro de João Pessoa. – Foto: Divulgação/Servidores da UFPB

Fonte: ClickPb

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *